19/07
Slow Travel - viaje com calma

O slow travel surgiu como uma reflexão do ato de viajar, repensando situações que causam mais estresse que prazer numa viagem. A ideia é fazer viagens mais lentas e aprofundadas, curtindo tudo que o destino tem a oferecer sem pressa, dando valor à qualidade do passeio e não à quantidade de atrações visitadas. Bora ver algumas dicas de como adotar esse estilo de viagem?

1. Se você é iniciante no modo slow, escolha um destino com opções mais calmas, de convívio com a natureza, para facilitar o processo. 

2. Por dia, escolha uma ou duas atividades apenas e foque em saber e aproveitar tudo que oferecem, conversando com pessoas da região, por exemplo. 

3. Sempre que der, prefira fazer passeios a pé ou de bicicleta, observando tudo  - assim você aproveita o caminho, além do local que irá conhecer. 

4.Procure saber sobre restaurantes e lojinhas que os moradores frequentam. Além de mais baratas, vão te oferecer uma experiência real do local em que está. E você ainda ajuda os pequenos comerciantes

E, para se graduar no slow travel, que tal deixar a fotografia do celular um pouco de lado e escrever seus sentimentos sobre o que viver num diário de viagem? Ah! vale valorizar suas histórias com fotos de uma câmera fotográfica… daquelas que a gente revela, lembra? 

 

Slow travel em Mucugê

No coração da Chapada Diamantina, fica Mucugê um destino perfeito para uma viagem em modo slow, pois lá a natureza convida ao sossego do corpo e da mente. 

Entre as atividades que você pode fazer dentro da filosofia slow travel estão: trilhas ecológicas para apreciar fauna e flora, banhos de rio e cachoeira com vistas espetaculares, passear pela pequena cidade e conversar com os moradores, sentar na praça à noite para ver a lua, visitar as fazendas de agroturismo local, assistir a um belo pôr do sol,curtir o friozinho com um bom livro. Com certeza, você volta para casa novinho em folha!